Maternidade

Uma geração de cérebros imaturos

Ouvi uma reportagem no jornal hoje sobre um estudo britânico que sugere o reajuste das faixas etárias da adolescência e juventude. A proposta é que a adolescência vá até os 24 anos.

adolescencia

Uma moça foi entrevistada e disse que concordava porque não estava preparada para se responsabilizar pela própria vida. Na entrevista ela disse que não estava preparada para” lavar, passar, cuidar da casa”… hem???? Alguém para o mundo que eu quero descer. Ela quer ser adolescente porque não está preparada (com 21 anos) para cuidar dela mesma.

Deixar de ser adolescente não tem a ver com morar sozinho, ou pagar as próprias contas. Esse é um caminho que alguns desejam trilhar porque entendem que estão em um novo momento, mas, não há nada de errado em morar com os pais ou ser ajudado financeiramente até alcançar sua independência. Mas, ouvir jovens de 21, 22, 23 anos dizendo que não querem ser responsáveis por eles mesmos é triste.

Queria escrever algo sobre como eu achei ridículo ouvir aqueles vários jovens com mais de 21 anos falando da indisponibilidade de enfrentar a vida, mas na verdade, eu queria refletir sobre a responsabilidade dos pais sobre isso.

Cada vez mais vemos filhos sendo criados para um mundo que não existe, filhos que não estão preparados para o mundo, ou que acham que o mundo é o quintal de suas casas… ser adulto representa ter condições de tomar decisões e se responsabilizar pelas consequências delas. É triste ver adultos querendo agir como adolescentes, se recusando a crescer de verdade, mas isso é resultado de uma criação que não os preparou para isso.

Pode ser que essa discussão não pareca relevante, uma vez que a adolescência em si não está legalmente ligada a direitos ou concessões, mas estamos falando de uma geração futura que admite e se orgulha de ter um cérebro imaturo. Como isso pode ser bom para nosso futuro??

Mãe, eu sei como é difícil criar um filho nos dias de hoje, eu sei disso, das influências, das interferências, de tudo, mas, temos um pedido para você, meu, e de seus filhos no futuro.

Por favor, não criem seus filhos para serem jovens de 21 anos que vão em rede nacional dizer que querem ser adolescentes por mais tempo. Criem filhos que querem ser alguém nesse mundo e fazem questão de viver cada fase da sua vida com sabedoria e racionalidade. Criem filhos que entendem que crescer não é lavar, passar ou arrumar seus quartos (até porque, faziam isso na adolescência), crescer é ver o mundo com um novo olhar e uma nova mentalidade. Ensinem seus filhos que, aqueles que se recusam a amadurecer também não vão conquistar! Ensine-os que crescer, amadurecer, trabalhar, amadurecer, fazem parte da jornada da vida, e ela só tem sentido se for vivida assim, etapa a etapa.

Se você curtiu esse texto, não deixe de compartilhar e de nos seguir! 🙂 

http://sobresersupermulher.com

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s