Ser mulher

Como lidar com pessoas “difíceis”?

Esse tema estava na minha mente há algumas semanas, como é possível viver com alguém que desperta o pior de você? É possível conviver pacificamente com pessoas “difíceis”? Porque eu sou influenciada pelo negativismo de alguém? Como lidar com a falsidade de alguém?

homem-com-máscara

Acho que o primeiro ponto a destacar é que nós somos pessoas complexas… sabe porque eu não gosto de novelas? Um dos motivos é que eu não gosto como alguns personagens são 100% bons e certinhos (os protagonistas) e algumas pessoas são 100% maldosas e erradas (os antagonistas). Nas novelas, os mocinhos nunca fazem nada de errado, mas isso não é humano. Mesmo as pessoas muito boas são pessoas passíveis de sentimentos ruins… de raiva, de ciúmes, de inveja, de egoísmo, etc.

Como seres humanos nós somos fracos e podemos errar sim, mas aprendemos na vida (pelo menos alguns aprendem) a controlar isso, a priorizar os bons sentimentos. Eu acredito que quando você da espaço para Deus na sua vida, esses sentimentos são minimizados, o Espirito Santo entra na sua vida e da lugar aos bons sentimentos.

Infelizmente, as vezes somos obrigados a compartilhar a presença de pessoas que não nos fazem bem. Pessoas que pensam tanto em suas próprias verdades e objetivos que não consideram a presença e os sentimentos do outro. Pessoas negativas, arrogantes, maldosas, egoístas, fofoqueiras, mentirosas, falsas, etc. Sim, essas pessoas existem. E na maioria das vezes elas se apresentam como pessoas boazinhas, “espíritos de luz” (só que na verdade só compartilham escuridão).

Pessoas que não são capazes de pensar no outro, nunca se colocam no lugar do outro, colocam seus interesses a frente dos interesses de qualquer outro ser humano. Essas “pessoas difíceis” exercitam nossa capacidade de lidar com as diferenças e nos mostram que a maldade está no mundo sobre diferentes formas. Dificilmente você passará pela vida sem encontrar uma figura dessas, seja no seu trabalho, na sua escola/faculdade, na sua vizinhança, na comunidade que você frequenta ou até na sua família. Lidar com gente assim é sempre um caminho a ser trilhado com muito cuidado, como estar em terreno minado, conviver com gente assim exige uma alta capacidade de domínio próprio, força, fé, esperança e amor (e nada de violência pelo amor de Jesus).

Ocasionalmente precisamos conviver com pessoas de “índole duvidosa”. Tem gente que explica a existência dessas pessoas dizendo que “elas machucam porque foram machucadas” ou “são pessoas tristes e por isso querem entristecer a vida do outro”, “magoam porque estão magoadas”, enfim… tem uma porrada de teoria psicológica para explicar esse comportamento, mas… mesmo que haja uma base cientifica para essas explicações, uma verdade é que existem sim pessoas cruéis e elas não precisam ser explicadas. O que precisamos é aprender como conviver com isso.

Além desses, existem os desanimados da vida, os negativos, pessimistas, pessoas incapazes de olhar para frente e ver “o copo meio cheio”. Lidar com esses é igualmente difícil (embora menos doloroso). Cuidado com esses também, eles são capazes de roubar sua energia e te contaminar com desesperança e descrença.

Negativismo, melancolia, tristeza, murmurações, criticismo, visão negativa do mundo, vontade de expor o outro, desejo de ser maior, enfim… existem muitos comportamentos tóxicos dos quais devemos nos afastar, e existem alguns passos importantes para isso:

  • Reconheça quem você é nessa equação. Antes de julgar alguém como uma pessoa “difícil” ou “insuportável” lembre-se de que você não é 100% bom, então, que comportamentos seus são também “difíceis” ou “insuportáveis” para os outros?

  • Pegue sua parte nesse latifúndio. As vezes lidar com “pessoas difíceis” se torna ainda mais desafiador quando você não toma cuidado com quem você é. As vezes sem perceber, você cutucou uma cobra e agora se assustou com o bote. Aprenda a lidar com as pessoas respeitando quem elas são, isso ajudará a entender quando enfrentar um problema desses e quando só jejum e oração afastam esse problema (rs).

  • Afaste-se! Muitas pessoas negativas, criticas ou melancólicas precisam realmente de ajuda. Mas cuidado com isso, se você não for um profissional capaz de ajudar, só o que vai conseguir é se contaminar com a energia negativa da pessoa.

  • Saia da rota de colisão! Pior do que conviver com uma pessoa ruim é ser alvo dela (e isso eu te digo por experiência própria). Se já deu ruim e você já está com o alvo na testa, então vá orar, essa é a única solução (sério mesmo rs).

  • Não se permita ser a vítima. Ao mesmo tempo que você não pode ser o alvo, também não pode deixar que a pessoa alcance seu objetivo na busca por te atacar. Nesse caso é importante que você esteja forte em você mesma, quando isso acontecer, mesmo sem revidar, você permanece de pé.
  • Quando a pessoa for capaz de despertar o pior de você, busque exercer seu domínio próprio e afaste-se. Peça perdão se você sair da linha, mas busque ficar longe dessa pessoa.

  • Pense que o problema de fato não é com você. Muitas vezes a pessoa está reclamando de você e de suas atitudes mas o problema mora nela e não em você. Aprenda a relevar!

  • Não tente entender os loucos. Albert Einstein já dizia: “Duas coisas são infinitas: o universo e a estupidez humana. Mas, em relação ao universo, ainda não tenho certeza absoluta.” Não da para entender o explicar a estupidez humana.

  • Não se envolva. A maldade e o negativismo tem a força de um espiral. Não ache que se aliar vai te manter a salvo, pelo contrário, vai te tornar igualmente maldoso e negativo.

Entenda que isso é difícil para todo mundo. Conviver com as diferenças é sempre complexo, mas faz parte da vida. As vezes a gente erra e pisa na bola, as vezes erram conosco… a vida é assim mesmo, não se parece com as novelas.

Lidar com pessoas difíceis é uma atividade necessária a vida afinal, estamos falando de lidar com pessoas de índole diferente, caráter diferente, experiências de vida diferentes. Você também não é 100% fácil, mas já que entende que algumas pessoas tem modos de vida diferente do seu, agora só precisa encontrar a estratégia (de enfrentamento ou afastamento) para lidar com isso.

E ainda existem os muitos conselhos que Deus nos da para essas situações… vejam alguns:

Provérbios 15:1 “A resposta calma desvia a fúria, mas a palavra ríspida desperta a ira. “

Mateus 5: 43-44 “Vocês ouviram o que foi dito: ‘Ame o seu próximo e odeie o seu inimigo’. Mas eu lhes digo: Amem os seus inimigos e orem por aqueles que os perseguem”

Romanos 12: 20-21 “Pelo contrário: “Se o seu inimigo tiver fome, dê-lhe de comer; se tiver sede, dê-lhe de beber. Fazendo isso, você amontoará brasas vivas sobre a cabeça dele. Não se deixem vencer pelo mal, mas vençam o mal com o bem.“

Provérbios 26:4 “Não responda ao insensato com igual insensatez, do contrário você se igualará a ele.”

Efésios 6: 10-13 “Finalmente, fortaleçam-se no Senhor e no seu forte poder. Vistam toda a armadura de Deus, para poderem ficar firmes contra as ciladas do diabo, pois a nossa luta não é contra pessoas, mas contra os poderes e autoridades, contra os dominadores deste mundo de trevas, contra as forças espirituais do mal nas regiões celestiais. “

Tiago 1:2-4 “Meus irmãos, considerem motivo de grande alegria o fato de passarem por diversas provações, pois vocês sabem que a prova da sua fé produz perseverança. E a perseverança deve ter ação completa, a fim de que vocês sejam maduros e íntegros, sem lhes faltar coisa alguma.”

Hebreus 12:15 “Cuidem que ninguém se exclua da graça de Deus. Que nenhuma raiz de amargura brote e cause perturbação, contaminando a muitos.”

Gálatas 5:22-23 “Mas o fruto do Espírito é amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio. Contra essas coisas não há lei. ”

Salmos 46:10 “Parem de lutar! Saibam que eu sou Deus! Serei exaltado entre as nações, serei exaltado na terra.”

Se você curtiu esse texto, não deixe de compartilhar e de nos seguir! 🙂 

Anúncios

4 comentários em “Como lidar com pessoas “difíceis”?

  1. Ótimas dicas! Acredito que como mulheres sábias, devemos aproveitar as circunstâncias da pessoa que busca despertar o pior em nós para podermos revelar o que há de melhor, demonstrando paciência, maturidade e bom senso. É como encarar essa pessoa como uma provação turbulenta, mas que será capaz de gerar sabedoria e crescimento pessoal. Lidar com um pessoa difícil é também uma excelente oportunidade de colocarmos em prática nossos valores de compreensão e compaixão.

    Curtir

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s