Maternidade · reflexão

“O vento norte e o sol” uma lição sobre força e influência

O texto de hoje não é para mulheres, ou melhor, não é só para mulheres. É uma mensagem assexuada rsrsrs. E vale a pena a reflexão… Uma reflexão sobre influência pelo exemplo e não por força!

Vocês já ouviram falar sobre a Fábula de Esopo, “O vento norte e o sol”? Essa fábula me diz muito sobre alguns de nossos vários papéis e é sobre isso que vamos compartilhar hoje.

Primeiro, vamos à fábula:

Diz a lenda que o vento e o sol estavam disputando qual dos dois era o mais forte quando viram um viajante que vinha caminhando.

– Sei como decidir nosso caso. Aquele que conseguir fazer o viajante tirar o casaco será o mais forte. Você começa!- propôs o sol, retirando-se para trás de uma nuvem.

O vento começou a soprar com toda a força. Quanto mais soprava, mais o homem ajustava o casaco ao corpo. Decepcionado por não ter conseguido atingir seu objetivo o  vento retirou-se.

O sol saiu de seu esconderijo e brilhou com todo o esplendor sobre o homem, que logo sentiu calor e despiu o paletó.

Primeiramente, essa estória nos mostra que ser influente e persuasivo não tem nada a ver com ser forte!! Você até pode convencer alguém a fazer o que você quer por força da imposição ou violência, mas isso além de mais difícil, pode ser desnecessário e acarretará em consequências prejudiciais pra você e pra ela levando sua relação (seja ela profissional, conjugal, parental ou qualquer outra) a um nível insustentável.

Em primeiro lugar, o melhor jeito de influenciar pessoas é pelo exemplo, e isso vale pra qualquer relação, seja com seus filhos, seu conjugue, seus colegas de trabalho ou colaboradores, enfim… não há um único universo onde essa verdade não seja absoluta.

influence

Tenho visto casos em que homens tentam subjugar mulheres para que elas sejam como os modelos que eles desejaram (ou como as mães deles), vejo casos em que pais tentam ensinar seus filhos condutas que eles mesmos não praticam, e vejo ainda líderes (ou melhor… chefes) que tentam conquistar resultados na base da força e não do compartilhamento.

Ser influente representa levar as pessoas à mudança de comportamento de forma voluntária, elas buscam acatar sua orientação porque querem ser como você. Será que as pessoas querem ser como você?

Eu odeio, odeio, odeioooo conselhos mal dados. Sabe, aqueles onde a pessoa quer te dizer como ser ou que fazer mas ela não é uma influência pra você. Você não quer se parecer com ela e por isso acaba sendo resistente ao que, poderia ser um bom conselho para seu desenvolvimento. Para influenciar você precisa ser exemplo, precisa ser reconhecido como alguém que vale a pena ouvir ou ainda, “obedecer”.

Há uma razão para o sol ser mais forte que o vento, ele te leva a perceber o calor o que te leva a decidir tirar o casaco, a decisão parece ter sido sua, mas na verdade, ele tinha essa intenção. Já o vento, quer se sobressair a sua vontade, ele não considera seus sentimentos, suas emoções, sua história, ele vem e diz que é melhor você tirar o casaco ou ele tira por você… qual é a sua reação????

As vezes escuto alguém metido a Oprah Winfrey ou Nelson Mandela me dizendo como eu devo fazer as coisas. Não é que eu não goste de conselhos, muito pelo contrário, eu creio na orientação bíblica de que na multidão de conselhos há segurança (Pv 11). Mas eu penso que, para aconselhar, para orientar, para educar ou mais, para liderar, você precisa ser exemplo. Há uma razão para Mandela ou a Oprah serem influência, são pessoas que construíram uma história de exemplo que fizeram com que outros desejassem replicar seus passos.

Será que seus filhos te tem como alguém de quem vale a pena ouvir conselhos? Será que seu marido sabe que tomar decisões sem te consultar é um mal negócio porque você tem sabedoria que contribuirá para a decisão? Sua mulher realmente entende a importância de seus conselhos ou pensa que você quer dominá-la? Será que no seu trabalho as pessoas querem você envolvido em diferentes projetos para apoiá-las?  Ou será que você tem utilizado de sua autoridade e força para conseguir resultados? E se tem, como tem sido o resultado pra você?

Se você esperava uma resposta, lembre-se que aqui, nós só fazemos perguntas rsrsrs, o resto é com você!

Vamos nos esforçar mais para entender como sermos sol e não vento 🙂

Fica a Dica

Se você curtiu esse texto, não deixe de compartilhar e de nos seguir! 🙂 

Anúncios

Um comentário em ““O vento norte e o sol” uma lição sobre força e influência

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s