Maternidade

O absurdo do “Faça o que eu digo e não o que eu faço”

“Faça o que eu digo, não o que eu falo”, ouvi isso essa semana e você certamente já ouviu também. Mas o que será que essa frase diz sobre nós? Não estou falando sobre o entendimento da importância do exemplo, estou falando sobre a incoerência que essa frase traz em seu conceito.
images

Eu não quero fazer nenhuma crítica ao defensor dessa linha de pensamento, eu mesma disse outro dia em um treinamento que não podemos dizer que a educação, a liderança, a aprendizagem pelo medo não funciona, até funciona. Nossos pais foram ensinados assim, e talvez alguns de vocês também o tenham, lembram disso? Quem não teve aquele professor que impunha mais medo do que admiração? Quem não teve um chefe que ia de encontro com todos os princípios de gestão que os defensores da Gestão de Pessoas tanto preconizam? Ou quem não se calava só quando o pai (ou a mãe como era meu caso) dava aquela olhada? Pois bem, aprendi que as pessoas de fato podem aprender pela coerção e pelo medo.  Mas esse definitivamente não é o melhor modelo!

A frase em sí, não é uma bandeira de quem ainda defende esse modelo de liderança e educação, mas com certeza absoluta, você não vai ouvi-la de alguém que já entendeu a importância da educação pelo exemplo, da liderança participativa e do processo de construção gradual e coletivo dos saberes. Você não vai ouvir essa frase de alguém que entendeu que nada é tão contagioso quanto o exemplo.

Conversamos outro dia sobre a educação pelo exemplo, embora essa temática case adequadamente com o texto de hoje, não quero falar especificamente sobre isso. Quero falar sobre o erro absurdo que é você pregar uma verdade que não vive. O absurdo que é você dizer uma coisa, pedir uma ação, exigir uma atitude ou um resultado, esperar uma postura que você mesmo não pratica. E isso vale para todas as suas relações da vida. Como você tem coragem de pedir ao seu marido que seja mais romântico se você, não é? Como pode pedir mais paciência de seu chefe, ou até mesmo que sua equipe, quando você mesma não a tem? Ensinar seus filhos a importância de comer bem ou não tomar refrigerantes quando você faz exatamente o contrário? Isso não soa como hipocrisia para você?? Pois sabe que é exatamente isso!

Se o pai grita com a mãe, se a mãe não respeita a dignidade do filho, se os diálogos são sempre no volume máximo, se os membros da família não se respeitam, como “ensinar” uma criança que ela deve ser educada e respeitar o próximo? Se você como líder é autoritário, ríspido e trata as pessoas a sua volta como seus subalternos, como você pode requerer envolvimento e engajamento? É preciso que haja coerência entre seu discurso e suas práticas, e coerência não é simplesmente dizer que tem que ser feito porque tem que ser feito e acabou.

Será que não está claro o absurdo dessa premissa do “faça o que eu falo e não o que eu faço”? Como diria Ralph Waldo Emerson:  As vezes nossas atitudes falam tão alto, que as pessoas não podem ouvir o que dizemos.

Se você quer que seus filhos estudem, não diga para eles que eles têm que estudar porque é a única obrigação deles, mostre como estudar é bom e como as oportunidades são únicas, mostre isso estudando! Se você quer que eles não tomem refrigerante, não diga que essa é uma bebida de adulto, pare de tomar e mostre como você entende que ela faz mal. Se você quer que seu marido seja mais carinhoso, seja carinhosa com ele e mostre como isso pode deixar alguém feliz, se você quer ser presenteado, presentei, se você quer ensinar, aprenda a aprender!! Vamos deixar de lado a hipocrisia de falar daquilo que não vivemos!

64d4d023eac5364c2ff99ecfd9217707

 Mais uma vez, essa não é uma reflexão sobre a importância do exemplo, mas uma reflexão sobre o quão verdadeiros são nossos discursos, o quão íntegros e sinceros são nossos ensinamentos. O quão alinhado com a verdade são nossas práticas diárias. Vamos virar a página da nossa vida para um novo momento, onde vivemos a verdade do que ensinamos!

“Procurem fazer o que é certo e não o que é errado, para que vocês vivam. Assim será verdade o que vocês dizem, isto é, que o Senhor, o Deus Todo-Poderoso, está em vocês.” Amós 5:14

Porque super mulheres são verdadeiras!!!!

Se você curtiu esse texto, não deixe de compartilhar e de nos seguir! 🙂 


Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s