Casamento · Ser mulher

Porque a mulher não precisa ser mais que o homem?

Oi gente… to devendo muitas publicações que me foram solicitadas inbox, mas prometo que até o final do mês reorganizo minha vida de blogueira… E tenho tanta coisa para contar sobre esses dias (rs).

Mas hoje, quero falar sobre um tema no mínimo curioso (rs). Nos últimos dias fui orientada pelo meu Coach a pensar sobre o ponto em que almejo chegar na minha carreira (mesmo com todos os papeis desempenhados a minha prioridade absoluta na minha família, tenho sim um objetivo de carreira e ele é bemmmm alto).
 Dentro da proposta de reflexão fui fazer algumas consultas e me deparei com a realidade, que já era conhecida por mim, mas não estava acesa na minha mente… A grande diferença que ainda existe no mercado de trabalho entre homens e mulheres
Claro que no oficial, o discurso de todo empresário é o de que as mulheres tem direito de exigir igualdade salarial e entre as mulheres o discurso é quase sempre de revolta com essa realidade, mas, na prática o que temos feito a respeito?
Em setembro, a Folha de S.Paulo emitiu uma matéria daquelas polêmicas dizendo que “dois séculos separam mulheres e homens da igualdade no Brasil”. De acordo com a reportagem, só daqui a 85 anos homens e mulheres terão a mesma renda média, e a igualdade política demorará ainda mais.  E pra piorar, comentários de especialistas acreditam que a afirmativa estava sendo muito otimista… Vocês acreditam nisso? Otimista???
Eu já disse isso antes, mas vale repetir, NÃO SOU FEMINISTA, muito pelo contrário, acredito, aceito e gosto da certeza de que as mulheres são diferentes e tem sim um papel FEMININO que só pode ser desempenhado por elas. E não, eu não quero igualdade de direitos porque também não quero igualdade de deveres (rs). O que eu quero? Ser reconhecida pelo meu bom desempenho, trabalho por isso, estudo pra isso e quando chegar a hora, quero merecer isso.
Também já estou até meio cansada de tanta discussão em torno dessa questão do gênero, afinal, temos problemas bem maiores no mundo, mas tenho que reconhecer, alguns dos nossos problemas tem origem no fato de sermos tão diferentes e ponto.
Pra começar, as mulheres estão quase que centralizadas em poucas profissões… Isso se dá, um pouco por conta de um preconceito do mercado que não recebe bem as mulheres para algumas profissões, mas eu acho que também é verdadeiro dizer que as mulheres, como seres diferentes dos homens, não necessariamente tem as mesmas habilidades, tem carreiras que a presença masculina é marcante, mas poucas mulheres gostariam de desempenhar (e por falar nisso: Resposta para Marina que me cobrou o post do livro “sete segredos que ele nunca vai te contar”, segura ai amiga… nos próximos dias farei o post).
Há alguns estudos da neurociência comportamental que comprovam haver diferenças marcantes entre o cérebro masculino e o cérebro feminino. As mulheres são predominantemente, programas para a empatia, a comunicação, o todo. Enquanto homens, em sua maioria, são voltados para sistemas de construção, são analíticos, o resumo. Talvez por isso a predominância da mulher em segmentos como Educação, Recursos Humanos e por ai vai.
Além disso, como nossa natureza é muito relacional, ao longo da vida nossas prioridades podem mudar. Vi na internet que uma pesquisa da Whirlpool, dona das fábricas de geladeiras Brastemp e Consul, constatou que apenas 19% das funcionárias da empresa sonham ser diretoras, enquanto 32% dos homens têm esse objetivo, segundo a pesquisa, a maior parte das mulheres não chegavam a pensar na aposentadoria, elas acreditavam que parariam de trabalhar antes disso.
Com todas essas alegações, acho que esse discurso feminista de você pode ser o que quiser é meio vago, poder claro que você pode, mas o que você realmente quer? Infelizmente, é verdade dizer que alguns homens são bem machistas e acabam gerando a revolta de mulheres que só querem ser vistas como seres humanos. Eu sei que existem os desvios, mas o que quero dividir com vocês é a reflexão de que muitas são as razões para sermos vistos diferentes e uma delas, é porque (GRAÇAS A DEUS) somos diferentes.
Há algum tempo publiquei no meu facebook uma palestra da Ana Paula Valadão em um congresso feminino, e na palestra ela dizia que perto do horário de o marido chegar em casa ela preparava a mesa e arrumava os filhos para receberem o pai. Quase que de imediato algumas feministas entraram em uma profunda discussão sobre o “absurdo” que era o texto, afinal o pai estava sendo colocado em um papel de “rei”.
A discussão me incomodou por um tempo porque me pareceu que eu seria agredida por não reivindicar igualdade de direitos. Mas depois me pareceu que esse discurso era realmente bem fraco. Se não revisarmos esse discurso 85 anos não serão suficientes para conquistarmos nosso almejado reconhecimento.
O que importa é que lutemos pelo direito de sermos felizes com nossas escolhas. Já pensou nisso? Um dia quando você pode ser feliz e reconhecida em ser mãe em tempo integral, ou feliz e reconhecida por ter uma carreira de sucesso.
Fato é que as mulheres são responsáveis únicas pelo sustento de mais de 35% dos lares brasileiros e dos 65% restantes, boa parte colabora com os custos de sobrevivência. A mulher já está lá… Agora o que nos falta? Entender onde mais queremos chegar!
Porque somos super mulheres não por possuirmos poderes, mas somos super porque conseguimos ser mais do que uma coisa só e queremos sim que isso seja um ponto a nosso favor e não o contrario.
Eu já me decidi… tracei meu objetivo, e você?
Se você curtiu esse texto, não deixe de compartilhar e de nos seguir! 🙂 
Anúncios

2 comentários em “Porque a mulher não precisa ser mais que o homem?

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s